AJS

Capítulo 3 – A espiritualidade juvenil salesiana

Dom Bosco – (1815-1888)
desenvolveu sua obra na segunda metade do século XIX na cidade de Turim. Criou escolas profissionais, paróquias, colégios, oratórios …
Tudo desenvolveu com uma única preocupação: educação e evangelização da juventude, Sobretudo a mais pobre e abandonada. Dom Bosco tinha a convicção de que Deus quer o bem de todas as pessoas. È o bom pastor!
Essa era a motivação profunda que inspirava Dom Bosco em todas as suas ações. Tinha a certeza de que essa era a missão que Deus tinha confiado a ele.
Inspirado por Dom Bosco e motivado por ele, Nasce um vasto movimento de pessoas Com o mesmo objetivo: "trabalhar pela salvação das almas".
Com a mesma paixão por Deus e pela juventude, orientada por Dom Bosco, Surge em Mornese, norte da Itália,Maria Mazzarello (1837-1881), que dá origem ao Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora.
O jeito como eles enxergaram e procuraram realizar essa sua missão é o que chamamos de espiritualidade. É um jeito de ser e de viver, baseado em determinadas crenças e valores fundamentais. Dom Bosco e Madre Mazzarello procuraram cuidar para que seu jeito estivesse presente em suas obras, mesmo quando eles próprios não estavam presentes. Reuniram as principais características de seu estilo de educar no chamado Sistema Preventivo. É neles que encontramos os traços característicos da Espiritualidade Juvenil Salesiana.
Crenças da Espiritualidade Juvenil Salesiana
- Toda pessoa é criada para o bem.
- Deus está presente em nossa história e nos espera para um encontro com ele.
- A vida é um dom de deus e tem valor insubstituível.
- Estamos caminhando para o bem.
- A educação se dá na relação.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>