Sintonia Online

JOINVILLE – CEDB – 23/11/2018 – ENTIDADES PARTICIPAM DE ENCONTRO SOBRE SOCIOEDUCAÇÃO EM JOINVILLE

JOINVILLE – CEDB – 23/11/2018 – ENTIDADES PARTICIPAM DE ENCONTRO SOBRE SOCIOEDUCAÇÃO EM JOINVILLE

Na manhã de 23 de novembro o Centro Educacional de Dom Bosco – CEDB sediou o Encontro: Diálogos sobre a Socioeducação, reunindo 35 participantes. O evento teve sua inspiração pelo acolhimento do CEDB a três adolescentes que cumprem medida socioeducativa em regime de internação no Centro de Atendimento Socioeducativo Regional de Joinville – CASE. Entre os meses de agosto e novembro eles frequentaram a obra social cursando informática e participando da oficina de violão.

Essa atividade foi uma iniciativa do Instituto Catarinense de Juventude – ICJ e do próprio CEDB com o objetivo de refletir as ações pedagógicas e as práticas profissionais daqueles que trabalham com adolescentes que cumprem medidas socioeducativas. A proposta almejava dar voz aos diversos segmentos da sociedade que atuam nessa área e apresentar subsídios para intervenções que promovam o desenvolvimento e os direitos dos adolescentes em processo de ressocialização.

Participaram do encontro psicólogos, assistentes sociais, agentes de segurança socioeducativos, jornalistas, professores, administradores, advogados e estudantes, representando o CASE de Joinville, a Secretaria de Saúde, universidades, CREAS, CRAS, OAB e Defensoria Pública.

Vindo de Brasília, o padre salesiano Agnaldo Soares Lima, diretor executivo da Rede Salesiana Brasil de Ação Social, que também trabalhou na Secretaria de Direitos Humanos do governo federal, deu abertura ao encontro. Na sua fala destacou elementos constituintes da lei do SINASE e do Estatuto da Criança e do Adolescente, apresentou diversos casos de instituições que atuam com socioeducação em todo o território nacional e refletiu acerca das possibilidades e desafios de “socioeducar”, sugerindo uma ação local em rede, que envolveria várias organizações e atores sociais.

A realidade socioeducativa local foi discutida pela defensora pública Larissa Leite Gazzaneo e pela gestora do CASE de Joinville, Vera Brum Mattos, enfatizando as virtudes das iniciativas pedagógicas e reconhecendo as limitações dos trabalhos. Também participou do evento a coordenadora pedagógica do CEDB, Michele Pereira, narrando como se deu a experiência de acolhida a três adolescentes que cumprem medida socioeducativa em regime fechado. Conforme seus relatos a presença deles gerou impactos positivos em toda a comunidade educativa da obra social e despertou o desejo de se ampliar a oferta de projetos e vagas que atinjam esse público, bem como suas famílias.

Um dos momentos de destaque do encontro se deu com a fala de um dos adolescentes internados no CASE, relatando os aprendizados que adquiriu ao longo de três meses de curso no CEDB. Nesse período tiveram a oportunidade de conviver novamente em sociedade e repensar os seus projetos de vida. Além disso, todos os três foram aprovados em uma avaliação para ingressar no Programa Jovem Aprendiz e poderão trabalhar, bem como fazer o curso profissionalizante de Auxiliar Administrativo assim que concluírem sua medida socioeducativa de internação.

 

Texto: Jean Davi Frainer

Fotografia: Welligton Cristiano Gonçalves

 

Galeria de Imagens
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>